sexta-feira, 15 de abril de 2016

Em vídeo, Lula diz que Temer 'trai compromisso selado nas urnas'

Redes Sociais

Ex-presidente faz um apelo aos deputados para barrarem o impeachment da presidente Dilma Rousseff

Lula faz vídeo e divulga nas redes sociais
Lula faz vídeo e divulga nas redes sociais

PUBLICADO EM 15/04/16 - 15h00
Em vídeo divulgado nas redes sociais nesta sexta-feira (15), o ex-presidente Lula faz um apelo aos deputados para barrarem o impeachment da presidente Dilma Rousseff e diz que um futuro governo do vice-presidente Michel Temer (PMDB) é um "canto da sereia" porque ele "trai um compromisso selado nas urnas".
Além das críticas ao vice de Dilma, Lula admite que "o governo tem falhas que precisam ser corrigidas", mas afirma que "não se pode brincar com a democracia" ao aprovar o impeachment. Diz que passará a usar sua experiência de ex-presidente para ajudar Dilma em uma nova etapa de seu governo.
Lula afirma que é papel do Legislativo criticar e cobrar, mas que aprovar o afastamento de Dilma já extrapola isso. "Outra coisa é embarcar em aventuras, acreditando no canto de sereia dos que sentam-se na cadeira antes da hora. Quem trai um compromisso selado nas urnas não vai sustentar acordos feitos nas sombras", diz, criticando Temer.
Para o ex-presidente, "ninguém conseguirá governar um país de 200 milhões de habitantes" se não tiver "a legitimidade do voto popular".
Lula afirma que, nas gestões petistas, "vencemos a fome e começamos a reduzir a desigualdade". Mas que "todo esse esforço pode ser jogado fora por um passo errado".
Chama de "golpe" o impeachment, diz que não há crime de responsabilidade para afastar Dilma e afirma que vai existir a "incerteza permanente" caso ela seja afastada.
O petista não faz nenhuma referência à Operação Lava Jato e às investigações de corrupção contra integrantes do partido. Apenas afirma que "ninguém será respeitado se não prosseguir no combate implacável à corrupção. É isso que a sociedade exige".
Ao fim do vídeo, que dura cerca de cinco minutos, Lula projeta uma participação mais ativa na gestão de Dilma Rousseff: "Derrotado o impeachment, já na segunda-feira, independente de cargos, estarei empenhado junto com a presidenta Dilma para que o país tenha um novo modo de governar".
E completa: "Vou usar minha experiência de ex-presidente para ajudar na reconstrução do diálogo e unir esse país. O Brasil tem plenas condições de voltar a crescer, gerando empregos e distribuindo renda".
O vídeo foi gravado na manhã desta sexta no quarto de hotel em Brasília onde está hospedado. Também nesta sexta a presidente Dilma veiculará em rede nacional de TV uma mensagem criticando o impeachment.

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog