segunda-feira, 18 de abril de 2016

Frente Brasil Popular afirma que 'não aceitou golpe'

CONTRA TEMER E CUNHA

"Vamos derrotar o golpe nas ruas!", diz a nota dos movimentos sociais contra o pedido de impeachment
Protesto
Movimento afirma que não reconhecerá legitimidade de um eventual governo Temer
PUBLICADO EM 18/04/16 - 01h08
A Frente Brasil Popular, que reúne movimentos sociais, partidos de esquerda, centrais sindicais e união de estudantes contrários ao impeachment da presidente Dilma divulgou na noite deste domingo (17) nota onde comenta a aprovação do pedido de impeachment pela Câmara dos Deputados.

"Não aceitamos o golpe contra a democracia e nossos direitos! Vamos derrotar o golpe nas ruas!", diz a nota.

A frente convoca seus membros a permanecerem nas ruas para protestar contra o processo. "A Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo conclamam os trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade, e as forças democráticas e progressistas, juristas, advogados, artistas, religiosos a não saírem das ruas e continuar o combate contra o golpe através de todas as formas de mobilização dentro e fora do País", afirma o comunicado.

O movimento afirma ainda que não reconhecerá a legitimidade de um eventual governo Temer e critica o presidente da Câmara, Eduardo Cunha. A nota termina afirmando que "a nossa luta continuará com paralisações, atos, ocupações já nas próximas semanas e a realização de uma grande Assembleia Nacional da Classe Trabalhadora, no próximo 1º de maio".

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog