domingo, 17 de abril de 2016

Quórum na Câmara é alto, má notícia para Dilma

- Atualizado em
O presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ)
Sessão na Câmara dos Deputados neste domingo, que decidirá a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff(Nilson Bastian/Câmara dos Deputados)
Dos 513 parlamentares que compõem a Câmara dos Deputados, 495 registrados na sessão deste domingo, iniciada às 14 horas, que decidirá a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. O quórum elevado é um mau indicador para o governo, que investiu nos últimos dias nos deputados faltosos. A estratégia do Palácio do Planalto era conseguir os 172 apoios necessários - entre votos, ausências e abstenções -, para barrar o impeachment. São necessários 342 votos para que o processo siga para avalição do Senado. (Da redação)

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog