terça-feira, 26 de abril de 2016

Temer diz que sindicalistas podem “infernizar” sua vida, não a do país

Por: Severino Motta
Deixem o Brasil fora disso…
Temer: depois da economia, os planos sociaisAo receber dirigentes da Nova Central, CSB, UGT, e Força Sindical, Michel Temer disse, num recado indireto justamente à CUT, que não foi à reunião, que o movimento sindical pode até querer infernizar sua vida caso assuma a presidência, mas não a vida do país.
Disse ainda que a litigância social é muito ruim e que é preciso haver uma conjugação entre os interesses dos trabalhadores e dos empresários para que o Brasil recupere sua credibilidade e possa retomar o crescimento.

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog