segunda-feira, 2 de maio de 2016

Dilma quer propor novas eleições em outubro

Os pré-requisitos seriam que ela e Temer renunciassem ao cargo

Dilma quer propor novas eleições em outubro
A presidente quer conquistar o consenso dos movimentos sociais (Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil)
A presidente Dilma Rousseff deve enviar ao Congresso uma proposta de emenda constitucional para que haja novas eleições em 2 de outubro, antes que o Senado analise o pedido de impeachment.
Dilma e ministros como Jaques Wagner (Casa Civil) e Ricardo Berzoini (Secretaria de Governo), concordaram com a ideia da eleição, só que a presidente quer conquistar o consenso dos movimentos sociais. O MST, por exemplo, é contra a proposta.
A informação de que a presidente faria, na próxima sexta, um pronunciamento, em rede nacional sobre a proposta de eleição direta chegou aos ouvidos do vice Michel Temer. Os pré-requisitos para a nova eleição seria que Dilma e Temer renunciassem ao cargo, só que a chance de ele aceitar a proposta é quase nula.
Uma das grandes polêmicas da proposta é que a renúncia de Dilma representaria a negação de todo o discurso de que o processo de impeachment é um golpe, adotado pela presidente até o momento.

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog