sexta-feira, 13 de maio de 2016

Polícia escolta Aécio Neves após ameaça de atentado

12/05/2016 21h47


Alan Marques/Folhapress
Senador Aécio Neves (PSDB-MG) discursa durante a sessão de cassação da presidente Dilma Rousseff
Senador Aécio Neves (PSDB-MG) discursa durante a sessão de cassação da presidente Dilma Rousseff
Um homem acionou o serviço de atendimento ao cidadão do Senado para relatar o que chamou de um possível atentado ao senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB. A notificação levou a instituição a acionar a Polícia Militar que, após uma checagem das informações, decidiu ampliar a segurança do tucano, que agora tem uma escolta da Polícia Civil.
O autor do relato procurou o serviço conhecido como "Alô, Senado" na manhã desta quarta-feira (11). "Estou falando de Betim, Minas Gerais. Estou precisando passar uma informação porque estou tentando falar no Departamento de Polícia Civil de Brasília e não estou conseguindo desde ontem. Vou te passar uma anotação e se você puder fazer a gentileza de passar essa anotação para a Polícia Civil aí perto vou te agradecer muito", pede ele no início da ligação.
A partir daí, ele diz que quer passar informações sobre um possível "atentado no Planalto". "Não conheço Brasília. Não conheço nada daí. Só sei que tem um Fiat Palio, vou te passar a placa dele e você passa para a Polícia Civil para eles averiguarem", prossegue o homem.

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog