domingo, 10 de julho de 2016

16 memórias que farão você se perguntar como sobreviveu à infância

1. É provável que você tenha andado neste local tão seguro e especial do carro, o chiqueirinho.

É provável que você tenha andado neste local tão seguro e especial do carro, o chiqueirinho.
E quantas vezes seus pais disseram “abaixa aí porque tem polícia ali na frente”?

2. E muitas vezes sua própria mãe te botou para fora de casa.

E muitas vezes sua própria mãe te botou para fora de casa.
Mesmo que você não quisesse.

3. Uma vez lá fora, uma opção era jogar bola na rua.

Uma vez lá fora, uma opção era jogar bola na rua.
A convivência com os carros era feita na base da amizade.

4. Ou andar de bicicleta — naturalmente, sem capacete.

Ou andar de bicicleta -- naturalmente, sem capacete.
E quando a gente levava um amigo na barra ou de pé, equilibrado atrás?

5. Tampouco passava pela nossa cabeça usar capacete para descer o morrão de carrinho.

Tampouco passava pela nossa cabeça usar capacete para descer o morrão de carrinho.
Nem pela de um adulto responsável.

6. Quando dava sede, era só abrir a mangueira que ficava na frente da casa de algum vizinho.

Quando dava sede, era só abrir a mangueira que ficava na frente da casa de algum vizinho.
Água direto da fonte.

7. E, se desse fome, era para isso que serviam as flores (supostamente) comestíveis dos jardins da vizinhança.

16 memórias que farão você se perguntar como sobreviveu à infância
Reprodução
Embora sempre tivesse uma história de uma prima da amiga da vizinha que comeu uma flor venenosa e morreu.

8. Os produtos de limpeza ficavam embaixo da pia, ao alcance de qualquer um com menos de 1,30 m.

Os produtos de limpeza ficavam embaixo da pia, ao alcance de qualquer um com menos de 1,30 m.
E sempre tinha uma história sobre a vizinha de uma amiga da sua prima que tinha bebido diabo verde e morrido.

9. Assim como o armarinho de remédios — sem nenhuma tampa à prova de crianças, claro.

 

10. Quando chovia, tinha mais essa alternativa de diversão.

Sério, onde estavam nossos pais?!

11. Éramos obrigados a sair para comprar cigarros para os adultos.

Éramos obrigados a sair para comprar cigarros para os adultos.
Reprodução
E TODOS os donos de bar/boteco/padaria vendiam para a gente de boa.

12. E a conviver com anúncios de produtos que imitavam cigarros para a gente, também.

E a conviver com anúncios de produtos que imitavam cigarros para a gente, também.
Nos anos 80, a prevalência de fumantes entre os adultos era cerca de 30%. Hoje, é de pouco mais de 10%.

13. Caso alguma coisa saísse errada nas atividades supracitadas, você encarava seu pior pesadelo: O MERTHIOLATE.

Caso alguma coisa saísse errada nas atividades supracitadas, você encarava seu pior pesadelo: O MERTHIOLATE.
Como ardia, meu Deus.

14. Não raro seus pais saíam e deixavam você sozinho (ou com seus irmãos) em casa.

Não raro seus pais saíam e deixavam você sozinho (ou com seus irmãos) em casa.
Quantos não esquentaram o almoço no microondas sozinhos?

15. Quando chegavam as férias, você ia para a praia sem passar protetor solar.

Quando chegavam as férias, você ia para a praia sem passar protetor solar.
No máximo, uma pasta d’água quando o estrago já estava feito.

16. E ainda podia tirar foto ao lado de famosos em trajes sumários.

E ainda podia tirar foto ao lado de famosos em trajes sumários.
Instagram / Via extra.globo.com
Como esses meninos que encontraram a Monique Evans.

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog