segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Feliz Ano novo! 2013

"GOLPE NO SUPREMO"



Amigos, a situação política do Brasil está grave, diante da iminência de ruptura do estado de direito, perpetrado pelos "petralhas", inconformados pela condenação do "subchefe da quadrilha" José Dirceu (o chefe é o Lula).

A manifestação do PT em São Paulo, contra a condenação dos seus membros em razão do julgamento do mensalão, é perfeitamente admissível numa democracia.

Todavia, as manifestações dos "porta-vozes", Tóffoli e Lewandovsky, pedindo a "transformação" da pena de prisão em multa, é um ESCÁRNIO, INADMISSÍVEL DE SER PROPOSTA POR UM JUIZ, AINDA MAIS SE ELE FAZ PARTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL.

Como estou dirigindo este e-mail para diversos amigos, a grande maioria com formação diversa da área jurídica, peço licença para um pequeno esclarecimento, do porque do perigo das manifestações dessas duas figuras nefastas que, infelizmente, teem assento no Supremo.

No Direito penal, o princípio da legalidade se desdobra em outros dois: princípio da anterioridade da lei penal e princípio da reserva legal.

Por anterioridade da lei penal, entende-se que não se pode impor uma pena a um fato praticado antes da edição desta lei, exceto se for em benefício do réu.

Já a reserva legal, estabelece não existir delito fora da definição da norma escrita. O princípio nullum crimen, nulla poena sine lege é cláusula pétrea da Constituição.

Como nós sabemos, o Código Penal é TÍPICO. Na aplicação da Lei Penal, o Juiz não pode se valer, por exemplo, da ANALOGIA.

Os elementos constitutivos de um crime devem ser preenchidos na sua TOTALIDADE.

Portanto, o Juiz deve se ater ao que está escrito na Lei Penal.

Assim, o que pode gerar tais manifestações?

É simples: incentivado por esses dois IMBECIS, a bancada dos Petralhas pode apresentar projeto de Lei, por exemplo, mudando a penalidade dos crimes de corrupção ativa e passiva (crimes contra a Administração Pública) de prisão para pena de multa.

O que acontecerá, se for feita esta alteração nas penas?

Dentro dos princípios Constitucionais e do Código Penal, a LEI POSTERIOR NÃO SE APLICA AOS CASOS JULGADOS ANTERIORMENTE, SENÃO EM BENEFÍCIO DOS RÉUS.

Por exemplo: uma pessoa é condenada a um ano de prisão por furtar uma bicicleta.

Lei posterior, revoga essa penalidade, dizendo não ser crime o furto de bicicleta.

O Réu, INSTANTANEAMENTE, terá de ser posto em liberdade.

Voltando ao mensalão, caso mude a penalidade de prisão para multa nos crimes praticados pelo Zé Dirceu, ele, simplesmente, com os milhões amealhados pela quadrilha, sairá da prisão, caso seja preso,

RINDO DE TODO O POVO BRASILEIRO, EXCETO OS SEUS COMPARSAS.

Portanto, a gravidade do assunto é visível: será a desmoralização do Supremo, não de seus membros, e sim da instituição, que representa um dos PODERES DA REPÚBLICA, talvez o mais importante.

Assim, peço a você, caso concorde com os termos dessa minha manifestação, divulgue este e-mail para o maior número de pessoas, a fim de que a Nação fique atenta, e impeça um golpe na tênue democracia brasileira.

Carlos Sinatra

Tudo pela Pátria

Noel Bustorff"

Onaldo Edison Araújo publicou na sua linha do tempo-FACEBOOK
  

Lésbica... (Piada para descontrair na passagem de ano)...

video
Fonte: E-Mail - Programa Jô Soares - Rede Globo

Dignos de reconhecimento


No dia 27 de dezembro de 2012. Duas guarnição cercaram um campinho conhecido como ponto de trafico no bairro bandeirantes, e avistaram um grupo que estava em um matagal atrás do campinho. Antes da abordagem, os ''infratores'' correram mato adentro, os militares das duas guarnições foram ao local onde eles estavam antes de evadirem, e durante as buscas no local, localizaram no meio do mato um individuo que estava sendo ENTERRADO VIVO! O individuo já havia sido enterrado até o pescoço e estava a mais de 5 horas sendo torturado por traficantes, que posteriormente iriam executa-lo. Graças a ação rápida e profissional dos policiais, o mesmo foi resgatado com vida, apesar de bastante ferido. Todos os autores foram imediatamente identificados. A ocorrência teve grande impacto e relevância na cidade e região. 
REDS: 2012-002693258-001
Fonte: Blog da Renata

Galeria reúne as melhores fotos do ano tiradas na hora da prisão


31/12/2012 07h00 - Atualizado em 31/12/2012 07h00

Site compilou reuniu retratos bizarros de criminosos.
Imagens incluem criminoso coberto de farinha e loira 'chorona'.

Do G1, em São Paulo
O site “The Smoking Gun” reuniu as melhores fotos tiradas na hora prisão do ano de 2012. Conhecidas também como “mugshots”, a galeria reúne 20 retratos de criminosos, registrados nas mais variadas situações. Há desde homens cobertos de farinha, “chorões” arrependidos e até pessoas que fizeram graça antes de serem presos.
Travis Williams foi preso por conduta desordeira. Contudo, não há detalhes de como ele ficou coberto de farinha (Foto: Divulgação) 
Travis Williams foi preso por conduta desordeira. Contudo, não há detalhes de como ele ficou coberto de farinha (Foto: Divulgação)

Ashley Stewart ficou triste e chorou ao ser presa dirigindo bêbada na contramão. (Foto: Divulgação) 
Ashley Stewart ficou triste e chorou ao ser presa dirigindo bêbada na contramão. (Foto: Divulgação)

"Assustada", Victoria Bloodworth Smith foi detida por violação de condicional. (Foto: Divulgação) 
"Assustada", Victoria Bloodworth Smith foi detida por violação de condicional. (Foto: Divulgação)

Homem não identificado mostra a língua ao ser detido por não cumprir ordem judicial.  (Foto: Divulgação) 
Homem não identificado mostra a língua ao ser detido por não cumprir ordem judicial. (Foto: Divulgação)
A galeria completa pode ser vista no site do The Smoking Gun.

Que chore a mãe do bandido...

AGORA A POUCO NA SUB AREA 7 NO BAIRRO SION, BANDIDO TENTOU ALVEJAR PM, SENDO MORTO, PARABÉNS AO PROFISSIONALISMO DOS POLICIAIS ENVOLVIDOS NESTE FATO, QUE CHORE A MÂE DO BANDIDO, A TROPA ESTA FELIZ , ANTES ISTO, AGRADEÇO AO CB BAHIA PRESIDENTE DA ASPRA QUE SE DESLOCOU ATE A CIA COM O ADVOGADO DO CLUBE PARA DAR AQUELE APOIO MORAL E TB AO SGT SERGIO LUIZ QUE DEMONSTROU QUE AINDA TEM SANGUE 22 NAS VEIAS, TAMO JUNTO .
Ilustração: Blog da Renata
Informações: SUB Marinho/ CICOP
Veja notícia aquí: http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/12/31/interna_gerais,340349/troca-de-tiros-entre-pm-e-bandidos-deixa-um-morto-e-assusta-moradores-do-sion.shtml

2013 promete ser bom para quem quer fazer concurso

O próximo ano deverá ser pródigo em seleções para o serviço público em todo o país. Só para o 1º semestre estão previstos 16 editais, com 4.332 novos postos para o governo federal

Lorena Pacheco - Estado de Minas
Publicação: 31/12/2012 00:12 Atualização: 31/12/2012 07:18

Brasília – Horas em frente aos livros fazem parte do dia a dia de milhares de brasileiros que estão de olho em uma vaga na administração pública. Em meio ao agravamento da crise econômica global, o governo estabeleceu, por meio de portaria em março de 2011, menor ritmo de realização de novos concursos. Isso acirrou a concorrência, forçando os candidatos a atingirem alto padrão de preparo para galgar o cobiçado posto de servidor. A disputa para chegar ao pódio se tornou uma verdadeira saga. Mas quem vem se esforçando muito no preparo e ainda não conseguiu uma vaga tem boas razões para se animar nesta virada de ano. A restrição no número de certames tende a diminuir, pois o Poder Executivo reconhece que tem 187.645 cargos a serem preenchidos.

Pelo menos 16 seleções foram autorizadas pelo Ministério do Planejamento e terão os editais de abertura lançados já no primeiro semestre de 2013. Juntas, elas ofertarão 4.332 chances para contratação imediata (veja quadro). “Será um ano agitado para os concurseiros, sobretudo no primeiro semestre. Recomendo que poupem as férias e economizem energia nas festas de fim de ano para estudar bastante", aconselha o professor especializado na preparação para concursos Mariano Borges.

Com uma rotina de estudos de cerca de oito horas diárias, Camila Pasquarelli, de 26 anos, tenta há três anos atingir seu objetivo. Graduada em Direito, ela tem foco: pretende ser delegada, agente ou escrivã da Polícia Federal. Para tanto, já prestou mais de uma dezena de concursos públicos. “Cheguei a estudar 10 horas por dia, mas fiquei doente. Muitos acham que a vida de concurseiro é fácil, que estudar não cansa. Não é assim: a pressão é enorme”, desabafa.

SACRIFÍCIOS Camila tem vivido uma vida de abdicações: abandonou o futebol, o longboard e muitas saídas com amigos e família. “Não dá para passar em concurso sem disciplina, e isso às vezes implica abrir mão do que você gosta”, diz. Para ela, no entanto, mesmo com imensa dedicação ao estudo, a concorrência de alto nível continua a ser uma grande preocupação. “Muita gente tem condições de investir em um bom preparo. Livros, acompanhamento e um cursinho de qualidade custam muito dinheiro”, conta. Mesmo com orçamento limitado, só em livros, Camila já gastou mais de R$ 5 mil. O cursinho, que fez durante um ano, levou outros R$ 6 mil.

O professor José Wilson Granjeiro, diretor da rede GranCursos, acredita que a concorrência não deva ser a maior das dores de cabeça em 2013, já que grande parte dos candidatos não tem disciplina para o estudo. “Muitos não têm o hábito de ler e exercitar, deixam para estudar em cima da hora, quando sai o edital. Sem prática não há fixação de conteúdo”, afirma. Há um item apontado por Granjeiro, porém, que reduz a vantagem dos candidatos mais bem preparados: as falhas de elaboração dos testes. “Algumas bancas não priorizam o raciocínio. O resultado são provas mal feitas”, afirma.

Dedicação na pauta para o próximo ano

No último semestre de Engenharia Mecânica, Eduardo Neves Fonseca, de 25 anos, vislumbra no serviço público a chance de um bom salário e estabilidade, de preferência trabalhando na área para a qual está se formando. “Não pretendo ficar carimbando papel”, diz.

Com esse foco, ele assumiu, há um ano, rotina pesada, que alia o estudo para concurso à monografia e ao estágio na Procuradoria Geral da União. Durante esse período, Eduardo já participou de cinco seleções públicas, todas em engenharia. Sua grande expectativa está no cargo de perito da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), certame previsto para o próximo ano.

Depois da formatura, que deve ocorrer até março, Eduardo quer mergulhar nos estudos. “Como tenho que terminar o projeto de conclusão de curso, acho que não me dedico o suficiente. Acredito que, para passar num concurso, é necessária dedicação em tempo integral, incluindo fins de semana e feriados”, afirma.

Para o professor especializado em concursos Mariano Borges, o maior obstáculo encontrado pelo estudante é o estabelecimento de um novo ritmo de vida, adequando o hábito do estudo à rotina. “O hábito de estudar é semelhante a uma corrida: tem que ser diária, aumentando a velocidade gradualmente, de forma constante, para nunca perder o fôlego”, afirma. “O estudante tem que dar o máximo de si, para fazer a batalha pelo concurso público ser a mais breve possível. Esse sofrimento pode ser prolongado ou não, depende da capacidade de foco de cada um”, completa. (LP)

Que tal mudar de cidade?

A maior quantidade de vagas a serem preenchidas em diferentes níveis de governo está prevista para Brasília. No Distrito Federal, a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deve oferecer 3.029 vagas para seis funções na corporação: agente (2 mil), escrivão (495), delegado (200), perito criminal (199), perito médico legista (80) e papiloscopista (55). A estimativa é de que o provimento dos cargos criados seja feito de forma gradual a partir de 1º de janeiro de 2014. O salário inicial para peritos e delegados da PCDF é de R$ 13.368,68, podendo chegar até R$ 19.699,82 com a progressão da carreira. Para os demais cargos, a remuneração inicial é de R$ 7.514,33, com possibilidade de chegar a R$ 11.879,08.

A seleção do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) também é aguardada pelos estudantes. No total, são 110 vagas, 87 de nível médio, para técnicos judiciários, e 23 vagas para graduados na função de analista judiciário (áreas judiciária e de apoio especializado). As remunerações variam entre R$ 2.662,06 e R$ 4.367,68. O órgão prevê que os aprovados possam ser nomeados ainda no primeiro semestre de 2013.

Alguns editais também ainda são esperados. A expectativa é de que a maior parte das vagas sejam abertas nos ministérios da Fazenda, Saúde e Previdência Social, órgãos com maior carência de pessoal, segundo o Ministério do Planejamento. (LP)

Economistas fazem apostas para o crescimento econômico em 2013

Produto Interno Bruto (PIB) maior que o de 2012, taxa básica de juros sem alterações e inflação controlada. De forma geral, especialistas esperam bons ventos para o ano que começa amanhã

Paula Takahashi -Estado de Minas
Publicação: 31/12/2012 00:12 Atualização: 31/12/2012 07:21

O ano se renova, assim como as expectativas do mercado em relação ao desempenho da economia nos próximos 12 meses. Sem muito otimismo, diante da sequência de dois anos de frustração, economistas garantem que a margem para erros – muito cometidos em 2011 e 2012, por sinal – está menor. Primeiro porque a base de comparação está bastante deprimida e qualquer reação – ainda que sutil – da atividade econômica nos próximos trimestres tende a garantir resultados positivos sobre o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro, que cresceu 2,7% no ano passado e dificilmente vai superar a marca de 1% este ano.
Segundo porque o esforço do governo em aquecer a indústria e atrair investimentos deve finalmente surtir efeito. O Estado de Minas levantou as previsões de nove especialistas na área – entre instituições financeiras, consultorias e representantes setoriais – e constatou que as apostas para fechamento do PIB em 2013 varia entre 2,9% e 4%, esse último percentual estimado também pelo governo.

Andrew Storfer, diretor de Economia e membro do Conselho de Administração da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), mantém um certo ceticismo, e entre os especialistas é o que prevê o pior desempenho do PIB no próximo ano (veja quadro). “É a segunda vez consecutiva que o governo promete uma coisa e não entrega. Em 2011 estimou crescimento entre 5% e 5,5% e este ano entre 4% e 4,5%. Quando se fala em 3,5% a 4% em 2013, todos já ficam desconfiados”, afirma.

O superintendente-executivo de Gestão de Patrimônio do HSBC, Gilberto Poso, também faz avaliações mais cautelosas quanto ao futuro, principalmente no que diz respeito aos investimentos. “As intervenções realizadas pelo governo em determinados setores da economia não são bem-vistas e atrapalham a entrada de capital estrangeiro”, explica Poso. “Existe um alto nível de incerteza por parte do empresariado diante de uma política econômica que ainda se pauta por ações de curto prazo, sem consistência e voltadas apenas para apagar incêndios”, acrescenta. Storfer ainda completa: “O governo gera insegurança ao passar por cima das boas práticas do mercado”.

O câmbio, por sua vez, deve garantir um certo fôlego aos empresários e ajudar a tirar alguns projetos do papel. “Os investimentos foram adiados este ano por conta da concorrência com o importado. Gerou-se um receio de ampliar fábricas e produção diante da possibilidade de perda de mercado para produtos de fora”, observa o sócio e diretor da consultoria LCA, Fernando Sampaio. Para o especialista, a mudança na política cambial reforça a expectativa de um ano melhor.

SELIC  ESTÁVEL?

A reação da atividade econômica não deve ser suficiente para pressionar a inflação ou motivar a elevação da taxa básica de juros. Sete entre nove instituições procuradas pela reportagem apostam na manutenção da Selic em 7,25% ao longo de 2013, menor nível já registrado pela economia brasileira.

Os economistas do Itaú acreditam que ainda há espaço para cortes e aposta em Selic de 6,25% no encerramento do próximo ano, enquanto a agência classificadora de riscos Auntin Rating espera alta de 1,5 ponto percentual, motivada pelo ritmo mais acelerado de crescimento.

DRAGÃO CONTIDO? A verdade é que a maioria não acredita que a inflação exercerá pressão suficiente para balizar as decisões do Comitê de Política Monetária (Copom). A perspectiva mais pessimista em relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (IPCA) é de 5,6% resultado abaixo do teto da meta de 6,5% estipulada pelo Palácio do Planalto.

Este ano o índice que mede o custo de vida dos brasileiros acumula alta de 5,53%, cenário que dificilmente será mudado. As últimas decepções e as constantes revisões dos indicadores de 2012 e 2011, porém, mostram que o jogo não está ganho e que 2013 pode guardar grandes surpresas como as dos últimos dois anos.

Erros em cascata

Assim como 2013, o ano que se despede hoje também começou carregado de expectativas quanto à recuperação, mesmo que gradual, da economia. A cada novo indicador divulgado, porém, elas foram caindo por terra. No último Boletim Focus de 2011 – uma compilação das análises de mercado realizada pelo Banco Central com cerca de 100 economistas – as apostas eram de PIB de 3,3% em 2012, percentual amplamente revisado até o atual 1%.

O sócio e diretor da consultoria LCA, Fernando Sampaio, reconhece que havia um otimismo, mesmo que moderado, na virada do ano. “Achávamos que cresceria 3,1% e agora estamos estimando 1,2%”, afirma. Ele confere as constantes frustrações à instabilidade econômica nos países ricos. “Essa crise está demorando a se dissipar e ainda há receio de uma recaída mais forte, o que mantém o empresariado mais cauteloso”, explica.

O superintendente-executivo de Gestão de Patrimônio do HSBC, Gilberto Poso, reconhece que é sobre a Europa que devem pairar as maiores incertezas em 2013, sem contar o abismo fiscal americano. “Acredito que esse último está caminhando para uma solução”, afirma. É preciso lembrar ainda da desaceleração da China, que tem importantes efeitos sobre a economia brasileira. “O grande impacto ficou por conta da dinâmica internacional”, avalia Poso.

Com a expectativa de que o crescimento do tigre asiático supere 8% em 2013 – pouco mais que os 7,7% estimados para este ano – o diretor de Economia da Anefac, Andrew Storfer, acredita que o principal parceiro comercial do Brasil possa incentivar mais negócios daqui para frente. “Dá um certo alento. Além disso, há um cenário mais provável de que a Europa e os Estados Unidos continuem andando de lado e o mercado internacional continue como está hoje”, avalia.

Analistas não descartam influências internas nos resultados atuais. Em 2011, o governo tomou uma série de medidas para frear a economia, que vinha embalada de 2010, quando cresceu 7,5%, e que já pressionava a inflação, que acabou cravando 6,5% no fim do ano – limite tolerado pela equipe econômica. A Selic foi ajustada de 11,25% para 12,50% e somente em agosto voltou a sofrer cortes. Mesmo diante das interrogações, Storfer garante que 2013 será melhor que 2012 principalmente porque “pior do que está é impossível”. (PT)

sábado, 29 de dezembro de 2012

Lei Seca mais rigorosa já levou 25 motoristas para a cadeia em Minas

29/12/2012 08:01 - Atualizado em 29/12/2012 08:01

Celso Martins - Do Hoje em Dia


Carlos Roberto
Lei Seca
Neste ano, a PRF aplicou, em Minas, 79 mil testes do bafômetro

Vinte e cinco motoristas foram presos nas rodovias federais que cortam o Estado desde o dia 21 de dezembro, quando começaram a valer as regras mais rígidas da Lei Seca. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) aplicou, no período, 59 multas no valor de R$ 1.915,40.

Em uma semana, a PRF realizou em Minas 3.015 testes do bafômetro. No balanço desde janeiro, até 27 de dezembro, 691 motoristas foram presos nas rodovias federais por embriaguez. Foram aplicadas no período 2.280 multas e realizados 78.500 testes do bafômetro.

A quantidade de motoristas que fizeram o teste de embriaguez representa 12,5% do total realizado pela PRF em todo o Brasil, totalizando 621 mil. Em todo o país foram presos 8.500 motoristas e aplicadas 24.500 multas.

Capital

Em Belo Horizonte a Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) aplicou 59 multas desde o dia 21. Foram 12 prisões, 28 infrações por embriaguez e 19 motoristas multados por terem recusado a fazer o teste do bafômetro. Desde 14 de julho de 2011 até 27 de dezembro, quando a Seds intensificou as blitze em Belo Horizonte, foram abordados 36.625 veículos. Foram multados motoristas por 613 crimes de trânsito. Essas penalidades são aplicadas aos que apresentam nível de álcool acima de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido. Outros 1.803 infrações de trânsito foram dadas aos que registraram índice de álcool entre 0,14 e 0,33 miligramas de ar expelido.

Bafômetro

A partir de 5 de agosto de 2011,quando começou a fase definitiva da campanha e não soprar o bafômetro passou a ser passível de punição administrativa, até o dia 27 de dezembro, foram abordados 35.626 motoristas e 902 deles se recusaram a fazer o teste.

Desde o dia 21 de dezembro fotos, vídeos e depoimentos de testemunhas poderão ser usados como prova para punir os motoristas que insistem em dirigir embriagados. Além disso, o valor da multa é dobrado caso o motorista seja reincidente em um ano.

“A maioria dos tribunais não punia criminalmente os motoristas que se recusavam a soprar o bafômetro. Com a mudança da lei, os juízes poderão aceitar outras provas, como depoimentos de testemunhas, para condenar os infratores da Lei Seca”, disse o advogado Enir Lemos, especialista em trânsito.

Atenção, mulheres: verão aumenta risco de candidíase


Saúde

Para evitar doença, mulheres devem secar bem região genital e dormir sem calcinha, indica especialista

Publicado em 29/12/2012 às 01h40: atualizado em: 29/12/2012 às 01h40
Do R7
Getty Images 
Doença é causada por fungo comum na região genital, mas que se manifesta quando imunidade de mulher está baixa
Com a  chegada do verão, umidade e biquínis molhados passam a fazer parte dos dias de férias e lazer em uma das estações mais esperadas do ano. Só que é justamente no verão que aumenta a incidência de casos de candidíase, infecção na região vaginal causada por um fungo, vivenciada por boa parte das mulheres.
Segundo o ginecologista e obstetra Dr. José Bento, que trabalha nos Hospital Israelita Albert Einstein e no São Luiz, em São Paulo, a candidíase é causada por um fugo que normalmente está presente em nosso organismo, como na região intestinal ou na flora vaginal.
— Queda de resistência da imunidade ou aumento da agressão externa, por exemplo quando a mulher usa maiô molhado por muito tempo ou calça que aperte a região genital, são situações favoráveis para que a candidíase se prolifere. A candida albicansfaz parte da flora vaginal, mas a doença só desencadeia quando existem ambientes propícios.
O especialista explica ainda que pessoas que estão tomando medicamentos que baixam a resistência do sistema imunológico, como medicamentos com corticoide, podem desenvolver candidíase de repetição. O mesmo quadro pode ocorrer com pessoas imunodeprimidas (cujo sistema imunológico não funciona bem), mulheres diabéticas ou as gestantes, que ficam mais suscetíveis à doença.
Sintomas
A candidíase não demora a ser identificada. Os principais sintomas da doença são coceira e ardor na região vaginal e um corrimento de cor esbranquiçada, que lembra nata de leite.
A doença tem na autocontaminação sua principal forma de contágio. Assim, a candidíase não é transmitida através de toalhas, sabonetes ou mesmo vasos sanitários mal higienizados. 
O tratamento, de acordo com o ginecologista, é feito com remédio antifúngico, aplicado no local ou consumido via oral.
Mas, antes de a doença aparecer, existem dicas para a mulher tentar evitá-la:
— Primeiramente, é importante manter o ambiente genital bem seco, sem umidade. Depois do banho, a mulher deve enxugar bem a região e, eventualmente, até usar um secador de cabelo. Além disso, pode dormir sem calcinha e evitar ficar muito tempo com  maiô ou biquíni molhado, assim como calças muito justas. O uso de sabonete íntimo pode ajudar, desde que feito uma vez ao dia apenas.  
O especialista lembra ainda que, para evitar a candidíase no verão, é importante evitar noites mal dormidas e uma má alimentação, que podem contribuir para baixar a resistência do sistema imunológico.
Os cuidados são importantes, mas não são garantia de que a doença será evitada:
— A candidíase é uma das maiores causas de corrimentos vaginais. Toda a mulher, pelo menos uma vez na vida, vai experimentar essa doença.

Número de servidores presos pela PF em 2012 é o menor em dez anos

29/12/2012 06h34 - Atualizado em 29/12/2012 06h34

Em 287 ações, 1.660 pessoas foram presas, sendo 102 servidores públicos.
Segundo PF, 'não houve mudança de orientação no trato' aos funcionários.

Cíntia Acayaba Do G1, em Brasília
A Polícia Federal prendeu em operações realizadas em 2012 o menor número de servidores públicos desde 2003. De acordo com estatísticas disponíveis no site do órgão, as 287 ações deflagradas até o dia 20 de dezembro deste ano resultaram na prisão de 1.660 pessoas, das quais 102 (6,1%) eram funcionários públicos.
Em 2003, primeiro ano de mandato do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, 122 servidores foram presos em 16 operações. O ano com maior número de prisões de funcionários públicos pela PF foi 2008 – 396 em 235 operações. Não há dados com o número de prisões em governos anteriores (veja tabela abaixo).
Questionada pelo G1 sobre a queda no número de prisões, a Polícia Federal afirmou por e-mail que "não houve mudança de orientação da PF no trato aos servidores", mas que a Lei 12.403, que passou a vigorar em julho de 2011, "alterou dispositivos referentes à prisão processual, fiança e liberdade provisória [...] e que, em razão dessa alteração, a prisão preventiva passou a ser determinada pela Justiça em casos mais raros, de notável utilização de violência, se o investigado já tiver sido condenado, grande probabilidade de fuga do investigado, ou ainda alta possibilidade de que o investigado atrapalhe as investigações".
Número de servidores presos pela PF (Foto: Editoria de Arte / G1)
O número total de presos em operações da Polícia Federal em 2012 – somados servidores públicos e outros profissionais – é 1.660, o menor registrado desde 2005, quando 1.407 pessoas foram presas. Em 2011, foram registradas 2.089 prisões. O ano com mais presos em ações da PF nos últimos dez anos foi 2007 (2.876).
Questionada se a greve que durou cerca de 70 dias no segundo semestre do ano prejudicou a execução das operações, a Polícia Federal afirmou que 2012 é o segundo ano com maior número de operações, atrás apenas de 2009 – 287 contra 288, respectivamente.
Arte quem é quem operação Porto Seguro (Foto: Editoria de Arte / G1)
Operação Porto Seguro
Em novembro de 2012, a Operação Porto Seguro apontou o envolvimento de servidores em um suposto esquema de venda de pareceres técnicos do governo para favorecer empresas privadas. No total, 23 pessoas foram indiciadas, incluindo funcionários de vários órgãos públicos.
Na ação, dois servidores foram presos: os irmãos Paulo Vieira, ex-diretor de Hidrologia da Agência Nacional de Águas (ANA), e Rubens Vieira, diretor afastado de Infraestrutura Aeroportuária da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).  Eles foram presos em 23 de novembro e libertados em 1º de dezembro.
Segundo a investigação da Polícia Federal, Paulo Vieira chefiava a quadrilha que cooptava funcionários públicos para beneficiar empresários. Rubens Vieira é apontado como consultor jurídico do grupo. Os dois negaram as acusações.
Outros servidores públicos, como Rosemary Noronha, ex-chefe do escritório da Presidência da República em São Paulo, e José Weber de Holanda, ex-número dois da Advocacia-Geral da União (AGU), foram indiciados na operação, mas não foram presos.
24 servidores presos na Paraíba
O trabalho da Polícia Federal que rendeu maior número de prisões de servidores públicos em 2012 foi a Operação Squadre, na Paraíba, em que 24 funcionários foram presos, a maioria policias civis e militares. O objetivo da operação era desarticular milícias acusadas de praticar crimes no estado, como tráfico e comércio ilegal de armas, segurança privada armada clandestina, extorsão, corrupção, lavagem de dinheiro e extermínio.
Critérios para operações
Segundo a Polícia Federal, o critério utilizado para se definir uma operação especial é "o uso de técnicas especiais de investigação admitidas como meios de prova na nossa legislação".
Necessariamente, ainda segundo a PF, uma operação "precisa ser fruto de uma investigação inserida em um inquérito policial que apura elementos de autoria e materialidade dos crimes investigados".
É obrigatório que a utilização dessas técnicas especiais de investigação, como o monitoramento telefônico e a perídica de documentos, sejam autorizadas pela Justiça e tenham controle do Ministério Público.
A Polícia Federal informou também que existem operações que não são classificadas como "especiais" por não utilizarem técnicas especiais de investigação, como ações de reforço em aeroportos ou desbloqueios de rodovias federais.

Presos por estupro coletivo na Índia responderão por assassinato

29/12/2012 09h12 - Atualizado em 29/12/2012 09h15

Estudante de medicina de 23 anos foi estuprada por quase uma hora.
Seis suspeitos foram acusados pela morte da vítima.

Do G1, com agência internacionais
Os seis homens presos na Índia por suspeita de terem participado de um estupro coletivo contra uma estudante de 23 anos, que morreu nesta sexta-feira (28) vítima dos ferimentos, foram formalmente acusados de assassinato pela polícia, segundo anúncio oficial feito neste sábado (29).
Centenas de indianos foram às ruas da capital Nova Déli neste sábado em protestos após a morte da jovem. Ela estava internada em um hospital de Cingapura, onde os médicos tentavam tratar as lesões decorrentes do estupro e do espancamento sofrido no dia 16 de dezembro dentro de um ônibus.
A polícia indiana pediu que a população faça os protestos de maneira pacífica e reforçou a segurança no centro da capital. As autoridades temem uma escalada da violência semelhante a dos últimos protestos, nos quais um policial morreu e dezenas de pessoas ficaram feridas.
Neeraj Kumar, chefe de polícia, pediu em um comunicado que as pessoas mantenham a calma e anunciou que a área do monumento Porta da Índia e 10 estações de metrô permanecerão fechadas.
A líder política Sheila Dikshit afirmou que passos sólidos serão adotados em breve para proteger as mulheres na capital indiana.
"Por favor, mantenham a calma e tenham certeza de que ação necessária será adotada para que as mulheres tenham segurança em nossa cidade", disse.
Mulheres seguram cartaz pedindo punição aos estupradores em protesto na Índia (Foto: AFP) 
Mulheres seguram cartaz pedindo punição aos estupradores em protesto na Índia (Foto: Reuters)
A morte da jovem foi informada pelo hospital onde ela estava internada em Cingapura. "Lamentamos informar que a jovem morreu às 4h45 [horário local]. Sua família e autoridades indianas estavam ao seu lado", disse em um comunicado Kelvin Loh, diretor-executivo do hospital Mount Elizabeth, para onde a jovem foi levada de helicóptero da Índia no dia 26.
A situação da estudante havia sido descrita mais cedo pelos médicos de Cingapura como "lutando contra as probabilidades, e lutando por sua vida", depois de ter sido diagnosticada com uma infecção pulmonar e lesões cerebrais, além do registro de uma parada cardíaca.
Ela também havia sido diagnosticada com graves lesões intestinais, resultado do espancamento com uma barra de ferro durante o ataque na capital indiana. A estudante de medicina de 23 anos foi estuprada por quase uma hora e jogada de um ônibus em movimento na capital Nova Déli.
Polícia pediu que manifestantes faça atos pacíficos (Foto: AFP) 
Polícia pediu que manifestantes faça atos pacíficos (Foto: AFP)
O ataque gerou protestos pela Índia, com embates entre manifestantes e a polícia durante marchas pela segurança das mulheres.
"Apesar de todos os esforços da equipe de oito especialistas do hospital Mount Elizabeth para mantê-la estável, sua condição continuou a piorar nesses dois últimos dias. Ela sofreu insuficiência severa de órgãos após os graves danos ao seu corpo e cérebro", disse o diretor. "Ela foi corajosa em sua luta pela vida por tanto tempo, mas o trauma sentido pelo seu corpo foi severo demais para superar", acrescentou.
A jovem não foi identificada, mas alguns jornais locais a chamaram de "Amanat", palavra urdu que significa "tesouro".
Após a morte, o primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, se declarou "profundamente triste" com a morte da jovem, e considerou "compreensíveis" as furiosas manifestações de rua em toda a Índia.
"Estou profundamente triste pela morte da vítima do ataque brutal ocorrido em 16 de dezembro, em Nova Délhi. Já vimos as emoções e as energias que este incidente tem causado. São reações perfeitamente compreensíveis de uma Índia jovem e que, genuinamente, deseja a mudança".
Os seis implicados na agressão sexual, incluído o motorista do ônibus, foram presos e todos eles comparecerão perante a Justiça no próximo dia 3 de janeiro, depois que a pressão popular obrigou às autoridades a agilizar o andamento do processo.
A investigação oficial do caso também deverá esclarecer as circunstâncias em que o policial morreu durante a repressão dos protestos do último domingo. Segundo a autópsia, o agente morreu de um ataque de coração após ter sofrido "múltiplas lesões internas".
Mulheres rezam pela vítima de estupro coletivo na Índia (Foto: AFP) 
Mulheres rezam pela vítima de estupro coletivo na Índia (Foto: AFP)
 

NATAL SOLIDÁRIO DE ALMENARA-MG

Mais de 1200 famílias foram beneficiadas neste Natal com a distribuição de cestas básicas arrecadadas pela campanha do NATAL SOLIDÁRIO DE ALMENARA.
1241 cestas básicas e 1400 brinquedos foram arrecadados.
Essa foi a terceira edição da campanha mobilizada pela Polícia Militar, PREFEITURA MUNICIPAL DE ALMENARA e SESC Laces em parceria com cerca de quase 200 instituições.
As cestas foram confeccionadas no auditório do SESC Laces Almenara. Mais de 50 voluntários participaram só da confecção das cestas.
Os donativos arrecadados foram distribuídos entre as instituições filantrópicas da cidade nesta última sexta-feira, 21 de dezembro. As instituições foram as responsáveis pela entrega das cestas às famílias carentes de Almenara/MG, no Vale do Jequitinhonha.
*
Agradecemos a todos que contribuíram para o sucesso do Natal Solidário. o povo de Almenara manifestou positivamente num gesto de solidariedade aos menos afortunados. Obrigado! Todas as cestas foram entregues para as igrejas evangélicas e católica que participaram do evento, sendo essas responsáveis pela distribuição dos donativos às comunidades carentes e entidades filantrópicas do nosso município.
FONTE: Facebook 

Blogueiro Cabo Fernando hospitalizado - pedido de oração

Pedido de oração para Cabo Fernando.
Encontra se hospitalizado nosso amigo Blogueiro Cabo Fernando. O momento é de pedidos de orações pois ele sencontra-se na UTI do Hospital Santa Rita, como não estarei aqui para atualizar as informações, abaixo o telefone de contato da sua esposa Elizete.
Contato: 031 9160 1835

Leia mais em http://www.amigosdecaserna.com.br/pedido-de-oracao-para-cabo-fernando/#ixzz2GRC7VSrL
Pedido de oração para Cabo Fernando.
Encontra se hospitalizado nosso amigo Blogueiro Cabo Fernando. O momento é de pedidos de orações pois ele sencontra-se na UTI do Hospital Santa Rita, como não estarei aqui para atualizar as informações, abaixo o telefone de contato da sua esposa Elizete.
Contato: 031 9160 1835

Leia mais em http://www.amigosdecaserna.com.br/pedido-de-oracao-para-cabo-fernando/#ixzz2GRC7VSrL

MENSAGEM AOS MEUS AMIGOS E AMIGAS DE CASERNA

Fonte: BLOG DA RENATA

Quero agradecer de publico a participação e apoio de todos na assembléia realizada no dia 26 deste més na sede social da ASPRA,em especial a chapa NOVO TEMPO,da qual estamos firmes nesta caminhada para assumirmos a presidência desta ilustre e renomada associação de PRAÇAS no triênio de 2013 a 2015,mais não posso deixar também de parabenizar,a chapa Renovação que ali estiveram e souberam de forma respeitosa, aceitar a decisão da assembléia que decidiu pelo o que esta escrito no ESTATUTO,saliento que esta nossa primeira vitoria alcançada,se deve a democracia e a competência dos que estão com os objetivos voltados para fazer um NOVO TEMPO na ASPRA,por que eu CB BAHIA,pretendo desempenhar um mandato com muita LEALDADE E TRANSPARÊNCIA acima de tudo,defendendo os nossos interesses e melhorar as nossas dependências para proporcionarmos o melhor para a nossa família PM e BM e todos os demais associados,estamos dispostos a ouvir todos que quiserem compartilhar conosco,as boas ideias no sentido de fazermos uma ótima administração,se vc tiver alguma sugestão que possa somar,indiferente de sua chapa,venha até a nós e exponha para que sua voz seja ouvida e praticada,por que irei fazer com que todos tenham vez e voz na nossa ASPRA,por isto que a nossa chapa se chama NOVO TEMPO e no dia 27 de Janeiro de 2013 conto com o apoio de todos e estou a disposição de todos para maiores esclarecimentos.
NÃO CONFIEM EM BOATOS,PESSOAS DE CARÁTER PROCURA A VERDADE POR MEIOS PRÓPRIOS E NÃO ATRAVÉS DE BOATOS,AGUARDO A SUA VISITA.

ASSINADO CB BAHIA -ATUAL PRESIDENTE DA ASPRA

CHAPA NOVO TEMPO.

DPVAT pode ser parcelado para motos, vans, ônibus e micro-ônibus a partir de 2013

VEJA COMO EM MINAS
28/12/2012 21h25

DA REDAÇÃO
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline
A partir do dia 2 de janeiro de 2013, os proprietários de motocicletas, vans, ônibus e micro-ônibus poderão pagar o Seguro DPVAT em três parcelas. O benefício não será válido para veículos 0 km. As demais categorias, como carros e caminhões, não poderão dividir o seguro, visto que a parcela mínima é de R$ 70,00. O parcelamento também não vale para os vencimentos anteriores, ou seja, os seguros atrasados devem ser pagos à vista.
A opção de dividir o valor será facultativa, porém os proprietários de veículos que decidirem pelo parcelamento e não cumprirem com o prazo estabelecido pelo calendário de vencimentos deverão pagar o valor devido até o vencimento da parcela seguinte. A viabilização do parcelamento já para 2013 foi o resultado de uma cooperação entre os Detran’s, Sefaz, Agentes de Arrecadação e a Seguradora Líder DPVAT.
Em Minas, todos os proprietários de veículos passíveis de parcelamento, motocicletas, vans, ônibus e micro-ônibus, e até mesmo aqueles que optarem pelo pagamento integral do Seguro DPVAT desses veículos, devem acessar o site para obter as informações necessárias de como e onde pagar.
No Brasil, todo cidadão que sofre um acidente de trânsito, seja pedestre, motorista ou passageiro, tem direito ao Seguro DPVAT nos casos de morte (R$ 13.500), invalidez permanente (até R$ 13.500) e reembolso de despesas médicas e hospitalares (até R$ 2.700).

Novo mínimo terá impacto de R$ 1,8 bi nas prefeituras

Reajuste de 9% no salário mínimo vai pesar nas contas dos municípios de todo o país

Maria Clara Prates-Estado de Minas
Publicação: 29/12/2012 00:12 Atualização: 29/12/2012 07:35
O reajuste de 9%, que vai elevar o valor do salário mínimo de R$ 622 para R$ 678 a partir de 1º de janeiro, representará um gasto de R$ 1,88 bilhão a mais para as prefeituras de todo o país em 2013, de acordo com cálculos da Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Apesar do alto custo, porém, o crescimento menor do Produto Interno Bruto (PIB) do país reduziu o impacto do aumento do piso salarial sobre os orçamentos municipais, que, no ano passado, foi de R$ 2,59 bilhões. Em Minas Gerais, estado com maior número de municípios, as prefeituras terão que desembolsar  R$ 232,7 milhões a mais. Para o presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, o cálculo feito pelo governo em seu orçamento e imposto aos municípios, com o apoio do Congresso Nacional, sem uma consulta se é possível assumir essa despesa, é uma “irresponsabilidade”. “Depois, eles ainda querem apoio dos prefeitos”, afirma.


  Segundo o levantamento, o aumento das despesas com pessoal nas prefeituras, considerando o acumulado desde 2003, chega a R$ 14 bilhões. “Essa política de aumento do  mínimo adotada pelo governo federal se mostrou bastante salutar para a população, mas causa problemas de caixa às prefeituras, porque pressiona fortemente as folhas de pagamento, principalmente em regiões do país onde os municípios têm baixa arrecadação”, explica o presidente da CNM. Ele lembra ainda que os cofres municipais sofrerão também com o aumento do piso do magistério, que, sozinho, responde por 35% do total da arrecadação. O Ministério da Educação vai anunciar no início do ano um reajuste próximo a 21% na remuneração básica de professores, que deve ficar em  R$ 1,7 mil.

A CNM levou em consideração a quantidade de servidores públicos municipais que recebem até um salário mínimo e meio a cada ano. Esse número foi multiplicado pelo aumento do salário mínimo. A estimativa inclui os encargos pagos sobre o salário base, como o INSS, o FGTS, o salário família, entre outros.

NEGOCIAÇÃO Por sua vez, para a definição do valor do salário mínimo, é usada uma fórmula que foi longamente negociada entre governo e centrais sindicais. O cálculo, definido  em lei, vai valer até 2015 e faz parte de uma política do governo para aumentar o valor real do mínimo. Para calcular o novo piso salarial, basta acrescer ao valor atual a inflação do ano estimada mais a variação do PIB de dois anos antes, no caso, a de 2011, que foi de 2,7%. O atual salário mínimo foi definido pelo Decreto 7.872/2012, publicado no Diário Oficial da União.

Os municípios mineiros têm um total de 213,4 servidores, sendo que a grande maioria, ou 187,7 mil, ganha entre um e 1,5 salário. No Brasil, 1,44 milhão de funcionários de prefeituras estão nessa faixa salarial, de um total de 1,795 milhão. Para Ziulkoski, mesmo que a arrecadação das prefeituras “venha a bombar no próximo ano”, não existe horizonte para que a conta possa fechar no azul. E vai mais longe: “Nenhum governo ou prefeitura paga hoje no Brasil o piso do magistério, considerando o salário nominal. Não há como cumprir”.