terça-feira, 24 de maio de 2016

Policial civil agride noiva, briga com PMs e é detido por desacato no DF

23/05/2016 18h39 - Atualizado em 24/05/2016 08h13

Homem também atacou porteiro na noite deste domingo, diz Polícia Militar.
Ele foi ferido no rosto e nas costas; conflito aconteceu na festa de noivado.

Mateus RodriguesDo G1 DF

Um policial civil do Distrito Federal foi detido na noite deste domingo (23) após se envolver em uma suposta confusão com a noiva, a sogra, o porteiro do prédio e policiais militares. Segundo a PM, a briga começou na festa de noivado do homem, em Águas Claras. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Imagens divulgadas por mensagens de celular mostram que o homem ficou ferido no rosto e nas costas. O G1 não conseguiu contato com os envolvidos na briga até a publicação desta reportagem. Em nota, a PM informou ter usado gás de pimenta, cassetete e "uso progressivo da força" para conter o rapaz.
A corporação diz ter sido acionada no fim da noite para interromper a briga no saguão do prédio. Testemunhas afirmaram à polícia que o homem se descontrolou durante a celebração de noivado e agrediu a noiva, a mãe e a avó da mulher.
Os golpes continuaram no elevador e chamaram a atenção do porteiro, que também foi agredido e ameaçado após alertar a Polícia Militar sobre o que acontecia no prédio. Quando a PM chegou, o homem estava "de cueca, aparentemente fora de si, esbravejando contra todos" segundo a nota da corporação.
O homem também tentou agredir os policiais, mas foi contido e levado à 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga). Ele assinou termo circunstanciado e vai responder em liberdade por ameaça, desacato, lesão corporal e resistência à prisão.
A Polícia Civil informou que os PMs envolvidos na ocorrência também assinaram termo circunstanciado e terão a conduta apurada. De acordo com a Polícia Militar, eles agiram "dentro da legalidade" e, por isso, nenhum processo foi aberto na corregedoria para apurar a conduta dos militares.

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog