terça-feira, 22 de novembro de 2016

Alterações no uniforme da PMMG (B1)


NOTA DE ESCLARECIMENTO
ALTERAÇÕES NO UNIFORME OPERACIONAL B1
Caro Policial Militar,
Foi realizada no dia 10 de novembro de 2016 uma reunião com os Fornecedores de Fardamento da PMMG, ocasião onde vários assuntos foram tratados, entre eles, a apresentação da nova proposta do Uniforme B1.
Considerando a amplitude territorial do Estado de Minas Gerais, com as suas diferenças significativas no clima, a principal proposta de mudança no uniforme operacional está na gandola do B1, que será testada em três versões:
1. Blusão tipo safári, para fora da calça, na cor caqui, assim como já é utilizado pela tropa especializada.
2. Blusa em Dri Fit com manga curta (tórax em Dri Fit e manga em sarja brim/rip stop)
3. Blusa em Dri Fit com manga longa. (tórax em Dri Fit e manga em sarja brim/rip stop)
DIRETORIA DE APOIO LOGÍSTICO

O material Dri Fit é uma peça de vestuário muito utilizada por atletas e a proposta é que seja utilizada especificamente sob colete tático. O tecido Dri Fit mantém o torso mais refrescado e confortável do que com o uso de gandolas.
A nova proposta tem tudo para ser mais eficaz do que hoje. Uma das grandes desvantagens do tecido algodão, que compõe 77% do tecido que utilizamos atualmente, é absorver o suor e manter-se encharcado devido a dificuldade da fibra em fazer a troca de umidade com o ambiente. Já o tecido Dri Fit, “puxa” o suor do corpo e através dos buracos da trama irá eliminá-lo mais facilmente. Isso significa que o policial militar não ficará encharcado durante a realização das suas atividades e emprego operacional. O caminho será longo e a reunião com os fornecedores de fardamento foi o primeiro passo, visto que várias etapas ainda estão por acontecer, a saber:
1. Especificação das novas peças de fardamento: Os fornecedores precisam das especificações técnicas para confeccionarem as peças que serão testadas pela tropa da PMMG em nossas 18 regiões.
2. Distribuição das peças para teste: Tão logo as peças estejam prontas faremos a distribuição entre as 18 RPM da PMMG para que sejam repassadas aos policiais militares para a realização dos testes.
3. Teste Prático: O teste prático terá duração de 180 dias, ou seja, 06 meses e deve ser observada a adequação ao uso policial, a resistência e durabilidade nas situações de emprego operacional, lavagem e conservação, conforto do uso em clima frio, calor ou chuva, comparativo com a vestimenta atual e parecer conclusivo sobre aquisição do produto.
4. Entrega dos relatórios do teste prático e análise: Assim que o teste prático encerrar, as 18 RPM encaminharão os relatórios que foram preenchidos pelos policiais militares que fizeram os testes e a Diretoria de Apoio Logístico, através da Seção de Fardamento, fará a análise de todas as informações constantes dos relatórios.
5. Parecer: Havendo parecer favorável quanto à mudança do uniforme B1, será expedido um memorando esclarecendo sobre o assunto e o prazo de carência das peças antigas.
Cumpre-me esclarecer que recentemente foi proposto e aprovado que as alterações nos uniformes e fardamento, se necessárias, ocorrerão no período mínimo de 02 anos.
Assim exposto, esclarecemos que a alteração no fardamento não é uma mudança repentina, sendo imprescindível termos o aval da nossa tropa, pois estamos trabalhando em cima daquilo que a tropa já solicitou e solicita e esperamos contar com a participação de voluntários nos testes dessa nova proposta de Uniforme Operacional.
(a) ANTÔNIO MARCOS ALVES, CORONEL PM DIRETOR DE APOIO LOGÍSTICO
Belo Horizonte, 22 de novembro de 2016.

Nenhum comentário:

Loading...

Arquivo do blog